sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Rock in Rio 4º, 5º, 6º e último dia.

Semana passada eu fiz aqui no blog uma espécie de expectativas para os dias do Rock in Rio. Ontem por conta de compromissos não pude repetir o modelo da semana anterior. E hoje preciso reunir esses quatro últimos dias em um só post.

No Palco Mundo ontem tivemos o Concerto Sinfônico Legião Urbana um momento muito emocionante do festival. Não tendo participado das edições do Rock in Rio ocorridas quando a banda esteve em atividade a Legião Urbana parece ter participado ontem! De fato a banda encerrou as atividades em 1996 com falecimento de Renato Russo. Ontem estavam no palco Dado Villa-Lobos (guitarra) e Marcelo Bonfá (baterista) membros do Legião Urbana acompanhados de muitos artistas do rock e pop nacional (dentre estes “irmãos” e “filhos” do Legião) e Orquestra Sinfônica Brasileira. Quinze anos após o falecimento de Renato Russo suas canções continuam vivas, continuam traduzindo a alma e o espírito dos jovens desta nação, continuam sendo um dos artistas da EMI que mais vendem e a “verdadeira legião urbana” que segundo Renato e em suas palavras somos nós a multidão de seus eternos fãs esteve presente e público confundiu-se com atração. Não foi um show onde no palco estavam os protagonistas para apreciação do público e sim público e artistas todos formaram a Legião Urbana e todos fizeram um grande show onde sim.... Legião Urbana se apresentou no Rock in Rio!

Após com minha pequenez para escrever e dificuldade para relatar o show terminei o primeiro parágrafo realmente emocionada, enquanto revivia o momento via YouTube e é impossível não se emocionar com os hinos da Legião entoados!

Seguindo... Tivemos Janelle Monáe, que confesso desconhecia e em pesquisa vi que abriu show da Amy Winehouse (RIP) em Floripa. É uma cantora norte-americana de R&B e vem já desde 2005 lançando singles e etc. Deve ter agradado a fãs do gênero.

E após ela, Ke$ha, que faz parte dos artistas que conhecemos. Tem clipes muito divertidos, é muito carismática, fez uma boa apresentação... levantou a galera com seus sucessos! Pena só não ter estado no mesmo dia que Kate Perry e Rihanna, acredito que somadas teriam gerado uma festa pop mais completa!

Então tivemos os britânicos de Manchester: Jamiroquai, grande expoente do Acid Jazz, movimento londrino do início dos 90’s. A banda tem sua sonoridade entre o Acid Jazz e Jazz Funk...

Por fim Stevie Wonder um indiscutível grande nome da música norte-americana, dono de lindas canções ao longo da extensa carreira que vem desde a década de sessenta... sua música trafega entre Soul, R&B, Funk... teve suas proximidades com a música brasileira, é ele que toca aquela harmônica na música Samurai do Djavan ^^, suas proximidades com Rock, coverizou We can work it out dos Beatles, fez uma música em “homenagem” a Jeff Beck, aludindo este ser muito supersticioso. Beck coverizou a “homenagem” (entre aspas por ser na verdade uma crítica aos exageros de supertição do guitarrista) É forte na memória do público em geral a música “I Just call to say I Love you” do filme “Dama de Vermelho”.


Hoje teremos no Palco Mundo um dia bem “mistureba”, que começará com Marcelo D2, seguido de Jota Quest e então Ivete Sangalo. Esta última com certeza uma presença das que mais provocaram a pergunta “ROCK????” in rio. Bem, ela é uma grande artista do seu gênero, trabalha bastante e bem, tem grande carisma, talvez conquiste muita gente na cidade do rock hoje com seu carisma e simpatia que não seja lá muito seus fãs... mas verdade que se encaixa melhor em grandes micaretas! Mas merece o que tem conquistado e também nosso respeito. Após ela Lenny Kravitz, que também não me agrada muito, mas tem músicas “legais” e finalmente: Shakira! Não consigo deixar de ter simpatia por alguém cuja voz me lembra tanto Cranberries! xD Shakira para meu gosto teve um início de carreira com músicas que pessoalmente me agradavam mais, era um “pop, pop-rock, com cara de querer ser rock”. Percebia-se a alma mais roqueira da artista desejosa de se expandir, fez um CD acústico bem legal... mas ao ingressar no mercado pop norte americano acabou mesmo caindo na música de FM de vez! Mas não deixa de ser boa cantora e ter boas músicas pop.
Enfim, só falando do meu gosto pessoal, e nada contra outros gostos.

Amanhã é o dia que escolhi ir por ser muito fã do Coldplay! Antes deles subirem ao palco teremos Frejat, gosto muito das letras inteligentes de suas músicas, da sua sonoridade. Frejat esteve no primeiro Rock in Rio, se apresentando com o Barão Vermelho, banda na qual o guitarrista substituiu Cazuza como cantor do grupo desde a saída deste. E é um show que sei que vou gostar muito.
Em seguida Skank, que no início da carreira soavam mais “herdeiros de Paralamas do Sucesso e The Police” e posteriormente parecem ter “descoberto” Lo Borges, o Clube da Esquina e Beatles, mudando consideravelmente o som do grupo e gravado o CD Cosmotron, com todo respeito o que menos me agrada... mas depois encontraram um som nem tão reggae-rock, nem tão beatlemaníaco e seguem seu caminho dentro do cenário brasileiro com sucesso. Um sucesso recente é “Sutilmente” com letra de Nando Reis e deve agradar ao público. Após eles virá Maroon 5, juntos já há bastante tempo com primeiro álbum de estúdio de 2002, gosto das músicas do grupo pop americano, da voz do cantor... será bom assisti-los! Misery é um dos sucessos atuais.
Finalmente: Coldplay! Com “Every Teardrop is a Waterfall” como um grande sucesso atual engrossando a lista de sucessos do grupo que conta com The Scientist, Clocks, Yellow, Fix You, In my Place, Viva La Vida, Violet Hill... entre outros. O grupo britânico com Chris Martin, que considero a voz masculina que mais gosto, encerrará as apresentações do dia no Palco Mundo. Coldplay?? Amo Amo Amo!!! S2 (portanto vou me segurar no texto xD)

E o último dia do festival terá cara de Rock!
Com Detonautas e Pitty representando o rock brazuca seguidos de Evanescence, uma das minhas bandas favoritas também, sou fã confessa da voz de Amy Lee! Estou ansiosa pelo CD novo! System of a Down certamente muito esperado subirá em seguida! O System que passou cinco anos longe dos fãs se apresenta com gosto de retorno e abalarão as estruturas do Rock in Rio! Especialmente quando rolar B.Y.O.B., Chop Suey!, Aerials e Toxicity (...)
At last, but not at least: Guns n’Roses! (mais uma das minhas bandas favoritas) Que parecem ter convênio com o Rock in Rio tendo participado do II e do III (só não tocou no I porque em 1985 a banda ainda estava sendo formada! =D) Marcará presença! Um Guns um pouco diferente do que o grande público se recorda, sem Slash, restando apenas Axl Rose da formação original, mas é Guns! E Chinese Democracy, pode ser menos popular para o grande público do que os álbuns anteriores, que fizeram do grupo a grande banda de rock nos 90’s, mas é um tremendo álbum de rock também! Devemos ouvir boas canções do Chinese sem deixar de ter “repeteco” das canções deles que foram pontos auges em suas apresentações anteriores das edições brasileiras do Rock in Rio!

É isso! Perdão pela limitação e resumo em excesso com que abordei essa segunda parte do evento! Espero que tenha gostado de ler!

...beijinhos***

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. :( Eu queria tanto ir no último dia!!! =/ as bandas q eu admiro mt vão estar... mas, fazer oq? Deixa pra próxima né?! \o/
    Eu gostei do post!

    bj!

    ResponderExcluir